Garçom: A profissão é mal remunerada em Bento Gonçalves

Bento Gonçalves ,uma cidade deslumbrante cheia de pontos turísticos hotéis e restaurantes  de luxo ,casas noturnas que movimentam milhões durante o ano todo.Em meio a tanta crise Bento vem se mantendo no auge no que se diz respeito a turismo, isso contribui muito para a geração de empregos, porém o que muita gente não sabe é a má remuneração de alguns profissionais evolvidos nessa área, dentre eles o Garçom, profissional que vem perdendo e muito seu valor no mercado de trabalho por inúmeros fatos corriqueiros, como o não repasse do caixinha ,ou o famoso 10% que a maioria dos restaurantes cobram do cliente.

Grandes restaurantes com preços exorbitantes   para o cliente e movimento continuo e sucessivo  não pagam nem sequer R$70,00   por um chamado “extra” de domingo ,o que seria correto por lêi repassar 100% a mais do valor em relação a qualquer outro dia da semana,além disso os trabalhadores tem que tirar o próprio bolso o deslocamento até o local de trabalho,isso em grande parte das casas.

Muitos profissionais migraram para outro ramo sendo assim substituídos por amadores ou mão de obra barata, o que é uma pena pois o “Garçom” é o cartão postal da chamada cordialidade do local onde vive.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *